22/02/2015

Relatos de uma garota... Part.2

CONTINUAÇÃO...
Ver S.C. novamente, mesmo que por foto, me abalou muito pois lá no fundo eu sabia o quanto ele mexia comigo, e confesso que naquele momento queria muito estar no lugar da garota e dividir toda aquela felicidade com ele. 
Os meses se passaram, meu relacionamento ia de mal a pior, e S.C. da minha cabeça não saía, tentava não pensar nele, mas era uma tarefa impossível. Bom em uma noite aproveitei um momento súbito que tive de coragem e lhe dei um oi no bate papo  que na verdade foi mais um modo de lhe perguntar se ainda lembrava-se de mim  para minha surpresa e alegria ele respondeu, ou melhor, não só respondeu mas quis saber de mim, como estava, por onde andava, recordamos alguns momentos da escola, e percebi que ele me notava mesmo eu acreditando que não. Pediu para que não sumisse, pois de todos daquela ex escola  a qual ele também não frenquentava mais  era a única que ele havia voltado a ter contato. Prometi à ele que não sumiria e assim nos despedimos.
Passamos a nos falar quase diariamente, e com isso uma forte amizade foi se formando, já sabia muito da sua vida, assim como ele sabia da minha. Nossos relacionamentos eram parecidos, pois tanto meu namorado quanto a dele possuíam um extremo ciúme, e isso tudo nos ligou muito, pois bem o outro passava.
Passei por ums fase de mudanças e uma delas foi terminar com aquele relacionamento que não me levava a lugar algum, meu namorado me amava, até demais e isso me incomodava pois já estava se tornando um amor possesivo, o qual não desejava à minha vida. O S.C. me ajudou muito com isso, e foi graças aos seus conselhos que cheguei a tal decisão. Cada dia ficavamos mais íntimos e confidentes. 
Surgiu uma viagem a cidade onde ele morava, me animei bastante, disse que queria muito me ver e então combinamos tudo. Minha ida era rápida, só passaria três dias por lá. 
Nos encontramos logo no primeiro dia, me lembro como se fosse hoje, foi no centro da cidade, ele me acompanhou para que eu resolvesse algumas pendências, e durante todo trajeto assunto não nos faltaou, desejava que o tempo congelasse e assim pudesse ficar mais ao seu lado, mas claro que não passou de desejo, logo deu o horário de nos despedirmos; já tinhamos acertado de que no dia seguinte iríamos nos encontrar novamente e eu já estava anciosa por isso.  No dia seguinte fomos à um cinema e como já pode imaginar, não teve jeito, nos beijamos, foi um beijo apaixonado, ardente, proibido e ao mesmo tempo terno. Ainda hoje quando recordo o ocorrido, posso sentir seus lábios nos meus. 
Mesmo não sentindo culpa, pelo que havia acontecido, lhe disse que isso não se repetiria pois, ele tinha namorada e isso ia contra meus preceitos. 
Voltei a minha cidade, continuamos nos falando, com mais ternura do que antes, e para meu espanto ele me informou que iria acabar com o que nos impedia de viver aquele romance, seu namoro. No momento apenas perguntei se realmente aquilo era o que ele desejava, pois não queria fazê-lo tomar nenhuma decisão precipitada – no fundo já sabia, o quanto seu relacionamento já estava afundado – ele me disse que sim e que já havia pensado muito. 
S.C. ficou solteiro, passamos a ter algo mais sério, que não chegou a ser um namoro, mas ele dizia que só estava aguardando a minha volta para que resolvessemos nossa vida – vale frisar que esta volta, era definitiva mas ele não era o motivo dela – nosssa comunicação e contato já era como de um casal, ele passou a me chamar de "amor" e outros apelidos fofos, tudo isso me deixava mais apaixonada e cega. Acabei perdendo meu lado calculista e deixei-me levar por aquela paixão. O tempo passou rápido, e havia chegado o dia da minha viagem, ele me mandou mensagem o dia inteiro e me ligou quando embarquei, disse que me amava e estava me aguardando. Você deve estar pensando que agora é o final feliz, sim estamos chegando no final, mas ele não foi feliz. Cheguei ao meu destino, avisei ao S.C. disse que nos veríamos em breve mas não no mesmo dia, pois estava tudo muito corrido por causa do seu trabalho, durante uma semana tudo era flores, ele me ligava todos os dias e a gente se falava por um bom tempo, eu estava anciosa pelo final de semana, finalmente nos veríamos. Mas para minha tristeza ele inventou uma desculpa que não me recordo mais e assim nosso encontro foi adiado, fiquei chatiada mas não disse nada. Depois disso, foi ficando cada dia mais omisso e seco, eu as vezes me desesperava por não entender o que estava acontecendo. Em menos de quinze dias havíamos nos tornado meros conhecidos, a relação esfriado e meu coração despedaçado, lembro que um dia perguntei à ele o que estava acontecendo e ele secamente respondeu que nada, somente. 
Como não sou do tipo de demonstrar sofrimento, não fui atrás de mais explicação e muito menos me mostrei abalada. Achava que ele havia se cansado de mim ou encontrado outra, até hoje não sei ao certo.
Logo passou a postar fotos com outras, talvez amigas, não sei. Tentava não ligar e superar tudo aquilo, mas todo dia me rendia a uma força maior e espiava seu perfil, afim de descobrir algo, mas só via felicidade. Tentei odiá-lo, não consegui. A vida seguiu, mas nunca consegui tirar da minha cabeça a dúvida de saber o que havia acontecido para tamanha mudança. Hoje em dia estou bem, não posso dizer que superei totalmente, pois estaria mentindo. Ainda espero uma resposta, mas isso é algo que nem sempre me recordo. Ahhhh! Já ia esquecendo, no início do texto, falei em destino não é mesmo? E o quanto ele nos pega peças, pois bem, ontem enquanto ia trabalhar encontrei o S.C. ele me gritou, nos comprimentamos, algo meio estranho, como se nunca houvesse acontecido nada entre a gente. Nos despedimos, e mais uma vez ele pediu para que eu não sumisse. Chega a ser cômico isso não acha? 


Geeeente, primeiramente obrigado por todos os elogios do primeiro texto, por todas as dicas, critícas não tive, mas se surgirem agradeço também. Tentei muito terminar de criar essa última parte antes, mas não consegui, escrevi e apaguei várias vezes, pois não queria decepcionalas(os). Espero que tenham gostado e até o meu próximo texto, o qual será o mais em breve possível. 
PS: Só para deixar claro, este texto é fictício, criado da minha mera imaginação.
Beijos da Thamy :D

13/02/2015

Presente de Valentine's Day: Namorado transforma sua amada em Princesas da Disney!

Gente fiquei PAS-SA-DA com essa história! #OMG é muito amor viu? O jovem Brian Flynn resolveu surpreender sua namorada Manini Gupta, transformando-a em algumas das princesas da Disney. Para isso contou com talentoso ilustrador Dylan Bonner e o resultado foi maravilhoso. #essecaraépracasa
Brian contou no seu imgur que ele e a namorada amam os filmes da Disney, e que deseja que a relação dos dois seja tão épica e atemporal como das animações. Para tal surpresa, entrou em contato com o ilustrador três meses atrás, enviou várias fotos dele e Manini e as imagens das cenas da Disney que desejava que fossem retratados. Ele ia entregar as ilustrações para a amada ontem, e aí será qual foi a reação dela? Eu surtaria! 

As histórias retratadas foram: Enrolados, Aladin, Mulan, Pequena Sereia, Pequena Sereia 2 e a Bela & a Fera.
Esse é o casal Brian&Manini <3 

08/02/2015

Relatos de uma garota...

Engraçado como os nossos sentimentos funcionam, em um dia aquela pessoa é tudo em nossas vidas e depois de um tempo  as vezes um grande tempo – ela não significa nada. Foi assim comigo também, eu pensava em S.C.  como aqui irei chama-lo  o tempo todo, entrava em suas redes sociais, olhava comentários, curtidas, amigos, etc. Fazia isso mais de duas vezes ao dia, sentia uma extrema necessidade de saber como estava a sua vida, e sempre tinha a esperança de que saudades minha ele sentisse. Não passou de esperança...
Logo S.C. começou a postar fotos com outras garotas, nunca cheguei a chorar por isso, mas me partia o coração em vê-lo feliz sem mim, e o pior ele não demonstrava nem um pouco de arrependimento pelo que havia me feito. Você deve estar se perguntando o que ele me fez de mal, vou te dizer, ele alimentou um sentimento dentro de mim, me deu esperanças, me mandava mensagens fofas todos os dias, e quando disse à ele que não queria me iludir, se sentiu ofendido e me jurou que isso não iria acontecer, como você já pode imaginar, eu me apaixonei por S.C. O seu lindo sorriso me deixava boba, aquele olhar me deixava sem chão e a voz firme me dava confiança.
As vezes me pergunto porque fui me apaixonar logo por ele, de todos foi o que mais me magoou. Só que algo que ninguém sabe é que desde o primeiro ano do colegial, S.C. já mexia comigo, mas eu mostrava que para mim ele era apenas mais um garoto popular sem conteúdo. No fundo eu sabia que isso era mentira, pois era lindo, educado, inteligente e com muito conteúdo, por isso estava sempre rodeado de pretendentes, eu o ignorava a fim de despertar atenção, ato do qual não obtive sucesso. 
Os anos se passaram, eu me mudei de cidade, já estava concluindo o colegial e tinha um namorado. Mas como o destino adora nos pegar peças, S.C. apareceu na minha vida novamente, muito mais lindo e também com uma namorada. Eu o havia adicionado no facebook, desde que estudávamos juntos, mas nunca tinha me despertado curiosidade para olhar sua timeline. Um certo dia enquanto acessava a rede social normalmente, uma foto sua apareceu nas atualizações diárias, foi impossível me conter e fiquei admirando a foto por um longo tempo, no dia não sabia o porquê mas meu coração bateu mais forte e mesmo o vendo com outra abri um enorme sorriso.

Quer saber o fim dessa história? Então fique ligada(o) no próximo post de RELATOS DE UMA GAROTA. Gente, eu sei que vocês devem ter se assustado com o post, pois não é muito comum eu postar textos aqui, mas resolvi trazer ao blog uma das minhas paixões, textos! Que eu amo escrever todo mundo sabe né? Mas agora que eu amo, criar histórias, fazer textos, relatos e etc. acredito que não. Mas a partir de agora uma vez no mês irei postar um texto aqui de minha autoria e espero que gostem! Aceito dicas, sugestões e críticas viu? 

07/02/2015

AMARELO - A cor do verão!

Preparem-se, pois, o  amarelo promete aquecer ainda mais os dias e noites do verão 2015.

verão é a melhor época do ano para vestir cores alegres e vibrantes como a estação. Nesta temporada, o amarelo se consagrou como o tom mais desejado, seja em looks para dia ou noite.


Para não errar na hora de compor um look com uma peça amarela, é indicado usar cores neutras nas outras peças, como preto, marrom, cinza, nude, chumbo, grafite...Mas isso não significa que são as únicas possibilidades, você pode também brincar com outras cores, mas atenção para não deixar o visual impactante demais e desarmonioso.

Estarão em alta desde os tons mais suaves, puxando para o mostarda ou cores pastel, até os mais exagerados e cítricos. As estampas com tons amarelados também estarão com tudo, vale desde xadrez e desenhos geométricos, aos florais.

DIY: Mural de Fotos!

Oi geeeente, dei uma sumidinha de novo né? Foi a correria que apertou mais uma vez, e sem contar que estou sem computador, e isso dificulta muito. Mas vamos falar de coisa boa, semana passada fiz e gravei esta DIY, porém somente hoje consegui terminar de editar e subir no youtube pra vocês.
Esse é um mural bem simples, mas que fica lindo naquela parede que você quer dar um "up", além do mais o custo é mínimo. O maior gasto que tive foi com a revelação das fotos, em segundo seria o spray mas já o tinha em casa. Você pode encher a parede até em cima se preferir também, farei isso depois, conforme for revelando mais fotos. O legal de decoração é a sua criatividade e para isso vale tudo.
Espero que tenham gostado! Comentem! Beijos da Thamy :D
BLOG DA THAMY | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | LAYOUT E PROGRAMAÇÃO: KARINE OLIVEIRA.